Entre o Amor e os Pips

Tempo de leitura: 4 minutos

Jovem, inteligente, recém formado, desempregado e operando Forex em tempo integral… mas com um sonho: tornar-se um trader profissional.

Mas ele tem um dilema. Ainda não tem esposa nem filhos. Ele opera na parte da tarde até a noite (mora na Ásia) e está preocupado em que fazer isso quase todos os dias da semana acabe com seu convívio social.

Então talvez a solução fosse largar o Forex por uns tempos, arrumar um emprego normal até achar alguém para casar e se estabelecer. Aí sim, voltar a operar. Mas ele ama os pips. Ele está em um dilema entre escolher o amor ou os pips.

Esse relato é real, o vi em um dos vários fóruns internacionais de Forex que eventualmente acompanho e me chamou bastante a atenção. Os colegas traders deram suas opiniões a respeito. Veja agora algumas delas.

Este é um artigo original publicado pelo blog Forex Sucesso Digital.

Sugestões Para Nosso Trader Novato

Dezenas de operadores do mundo inteiro se interessaram pela história desse rapaz e resolveram dar pitaco no assunto.

Com algumas variações, as sugestões se resumiram ao que vemos abaixo:

  • Mude-se para a Europa e opere durante o horário normal.

    É o melhor dos mundos para o trader de Forex. Poder viver na Inglaterra, por exemplo, e operar no mesmo horário em que os grandes movimentos do Forex acontecem. Mas sabemos que isso pode ser economicamente inviável, além de outras dificuldades.
    Mas se ele acha ruim morando na Ásia, basta lembrar que aqui no Brasil também sofremos com a questão do horário (as coisas, para nós, acontecem de madrugada).

  • Opere em gráficos de tempos maiores.

    Sugestão muito sensata. Nosso trader da história opera no gráfico de 1H o que inviabiliza uma visão de mais longo prazo e obter sinais com menos frequência. Mas isso pode ser também parte do seu estilo de operar, o que fica difícil mudar.

    Mas lembro perfeitamente que comecei (como a maioria) operando sem trégua no gráfico de 15 minutos e bem sabemos quantas emoções se escondem ali. Mas, com a experiência que naturalmente adquiri, fui migrando para gráficos maiores até encontrar um meio termo no de 4 horas.

  • Escolha o dinheiro, aí o amor achará você.

    Ser bem sucedido em qualquer profissão não é garantia de amor, mas certamente  torna as coisas bem mais fáceis. :)

  • Aprenda MQL e automatize seu trading.

    Não vejo essa recomendação com bons olhos até porque apenas aprender uma linguagem de programação não torna ninguém um bom programador, e ser um bom trader e um bom programador é algo bem raro. Creio que isso seria arriscado e uma perda de tempo na medida em que se tira o foco do que ele realmente precisa que é melhorar seu método de operação.

  • Pare de operar nas sextas e domingos.

    Bela recomendação. Aliás, operando apenas metade do período na sexta já é mais do que suficiente. Ainda nos damos o luxo de termos traders de carne e osso no mercado, o que significa que essas pessoas também tem vida social e estão pensando no fim de semana. E aos domingos, bem… quem realmente está ligado completamente em finanças aos domingos?

O Verdadeiro Dilema

O que falta ao nosso amigo é entender que ele precisa buscar o equilíbrio. Para tudo que é importante em nossa vida, sempre temos tempo. Einstein já nos provou que o tempo é relativo, e embora essa relatividade se refira a outra coisa, nosso tempo produtivo também é relativo.

O aprimoramento contínuo do nosso trading é sempre um trabalho em progresso. Só termina com nossa decisão de sairmos do mercado, por qualquer motivo que seja. Mas enquanto estamos envolvidos no mundo dos pips, é imprescindível aprender, mudar, desenvolver.

Estamos diante, na verdade, de alguém sofrendo de overtrading. Operar em excesso é um mal que tem solução. Já a falta de equilíbrio psicológico, nem tanto. Alguém infeliz em alguma área da vida, ou com a cabeça em outro lugar, precisa evitar ficar em frente ao computador olhando gráficos.

Não custa lembrar que objetividade e clareza de pensamento não são simples afirmações de auto-ajuda forexiana, são requisitos fundamentais para o trader profissional.

Esse é o verdadeiro dilema: é descobrir se ele tem o que é preciso para ser essa pessoa.

Como Termina a História

Nosso herói abriu mão do Forex. Isso não é de todo ruim como alguns podem imaginar. Operar no mercado não é para todo mundo, assim como ser piloto de caça também não é para a massa de pessoas.

É bem provável que num futuro não muito distante ele colecionaria alguns fracassos e, com esse dilema no coração, não demonstraria a resiliência necessária. Resultado: abandonaria o Forex absolutamente frustrado e com um sentimento profundo de perda de tempo.

Obviamente, olhando para o presente, esse é um futuro possível mas não determinado. Quem dirá que lá na frente, mais experiente, quem sabe casado, nosso amigo realmente não descubra que inevitavelmente seu destino estava ligado ao Forex?